DIÁLOGO: O PSIQUIATRA QUE ESCUTA O PACIENTE

Além de ter que possuir excelente formação técnica e conhecimento para diagnosticar e tratar as doenças, o médico-psiquiatra também deve prestar um atendimento humanizado, no qual o paciente não seja rotulado pela doença, mas visto como alguém que sofre e precisa de conforto e atenção.


    Uma boa relação entre médico e paciente deve ser calcada em empatia e confiança. Ambos devem se expressar de forma clara e honesta, possibilitando uma participação do paciente no planejamento diagnóstico e terapêutico, sempre que possível. Na base da aliança terapêutica está a consciência dos limites da medicina, havendo sinceridade diante da ineficácia de um tratamento. Algumas vezes não há cura, entretanto, é essencial fazer o máximo para oferecer alívio e conforto, isto é fundamental. A medicina é uma atividade solidária, portanto, quem se propõe a ser médico deve ter compaixão e aceitar o outro como ele é, sem restrições.


   Exercer a psiquiatria requer atenção, empatia e paixão, acima de tudo. É importante lembrar que a primeira consulta deve ser apenas a apresentação do paciente ao psiquiatra. Para conseguir um diagnóstico preciso, é necessário explorar ao máximo o histórico do paciente, levando em consideração sua individualidades e singularidades.

 
    Apesar da grande importância dos exames clínicos e exames psíquicos, não há como construir um vínculo terapêutico sólido sem sem ver o paciente, trocar sensações ou sentimentos com o mesmo.


​  A falta de comunicação e de confiança inviabilizam qualquer possibilidade de tratamento. Aos pacientes que se queixam sobre o descaso de alguns profissionais, não desanimem. Procurem outros médicos com quem se identifique. Diálogo e acolhimento constituem o alicerce que dá início ao processo de diagnóstico e tratamento. Para um bom andamento, deve haver discernimento  intelectual a fim de avaliar precisamente as questões que transcendem as técnicas.

Dr Antonio Viola

Dr Antonio Viola

Médico psiquiatra e psicanalista, graduado em Medicina pela Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina), residência médica em Psiquiatria no Hospital do Servidor estadual de São Paulo (IAMSPE) e formado em Psicanálise para Psicoterapeutas pelo Centro de Estudos Paulista.

Read More